sábado, 20 de junho de 2015

Preconceito não se resolve com estudo nem com porrete estatal


Antes de qualquer outra coisa, é importantíssimo que você assista o vídeo abaixo, suficiente para mostrar a que ponto de imoralidade os bolivarianos podem chegar. 

É quando veremos porque pessoas que normalmente se declaram a favor de minorias não titubeiam em atacá-las na primeira oportunidade. 


Assistam:



"Mas me assusta um negro defendendo".Com essa frase fui recebido numa discussão com o movimento negro petista quando... 
Posted by Fernando Holiday on Terça, 2 de junho de 2015
No vídeo vemos o típico comportamento racista da esquerda que acha que é dona do que o negro pode ou não pensar. Por alguma razão, eles acreditam que a raça deveria determinar sua posição política e que é errado um negro defender a liberdade. Porém não é o único comportamento que chama a atenção no vídeo. Há uma fala de Fernando Holiday perto do fim do vídeo que expressa um pensamento equivocado sobre ideologia e preconceitos esquerdistas.

Holiday diz o seguinte "Vão estudar", como se o preconceito e a ideologia dos militantes fosse por falta de estudo. Bem, pode ser que falte estudo a estes militantes, mas não é assim que uma ideologia ou preconceito se estabelece. Mesmo pessoas consideradas cultas ou inteligentes podem pensar ideologicamente ou ter seus preconceitos, e neste caso, se elas não estudam, provavelmente é por causa de um processo de auto-alienação em que a pessoa adota crenças que o afastam de um determinado material de estudo. Desta forma, estes esquerdistas odeiam estudar determinados assuntos de forma séria e vendo os lados mais importantes. Têm verdadeiro horror, por exemplo, a estudar a perspectiva liberal ou conservadora. Em alguns casos mais caricatos, tem pavor à Veja ou qualquer material que seja de 'direita'.

Então, alguns podem pensar "Se o estudo não resolve, temos que punir legalmente". Bem, acho que  a fala do comediante Rowan Atkinson, ator do memorável Mr Bean, resume por que a punição estatal não resolve o problema do preconceito. Segundo Atkinson: "Preconceitos subjacentes, injustiças ou ressentimentos não são resolvidos prendendo pessoas. São resolvidos com as questões recebendo espaço, sendo argumentadas e lidadas, de preferência fora do processo legal". Vejam a fala completa. Se não aparecer a legenda, clique na caixa no canto inferior direito, entre o símbolo do relógio e o símbolo da engrenagem.


O problema não é falta de estudo na maioria dos casos. Quando a falta de estudo é um problema, falta estudo das opiniões contrárias e não falta total de estudo do assunto. O problema também não é resolvido usando o porrete estatal contra quem é desagradável. No geral, o problema é o pavor a opiniões contrárias, egocentrismo e falta de sincero amor à verdade.

Por Pedro Henrique
Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques