terça-feira, 23 de junho de 2015

O racismo da esquerda em cores vivas


Imagem: Reprodução Redes Sociais
O cartaz acima é uma amostra exemplar do racismo e do preconceito elitista e discricionário que caracteriza o pensamento de todo esquerdista. Para um esquerdista típico, toda pessoa pobre e negra ou preta ou parda é um criminoso em potencial. Para um esquerdista, um indivíduo nascer pobre ou preto faz com que ele seja a priori desprovido de caráter e de parâmetros éticos ou morais, incapaz de progredir na vida por esforço próprio, razão pela qual adentrará ao mundo do crime mais facilmente.

Mas esse mesmo pensamento racista e discricionário da esquerda se considera ao mesmo tempo humanista e justo o bastante para encontrar a “solução” para o problema dessas pessoas que ela, a esquerda, considera já terem nascido incapazes e potencialmente criminosas devido a sua condição social e a cor de sua pele: institucionalizar a condição de vítima, para que o Estado gerido pela bondade esquerdista amenize a sua condição.

Assim, se você é pobre lhe daremos uma esmola estatal, que garantirá que você continue pobre, mas um pobre amparado pelo estado benfeitor que só quer o seu bem. Se você é preto, e portanto burro e incapaz de concorrer com um branco por vagas em universidades, lhe daremos cotas. Assim continuaremos a lhe tratar como burro e incapaz, mas com direitos especiais. E se você comete crimes, não iremos puni-lo com o rigor da lei, pois afinal você é uma vitima (já que nasceu pobre e preto) e o crime que você cometeu ou que vai cometer é decorrência de sua condição de vítima.

É esse tipo de visão, não declarada explicitamente é claro, que pauta o pensamento esquerdista, que já conheci por dentro. E por isso reafirmo com todas as letras: não existe nada mais racista, preconceituoso e discriminatório do que o pensamento e a prática da esquerda. E desafio qualquer petista ou militante esquerdista e me provar o contrário, não com os clichês e chavões a que essa caterva está acostumada, mas com argumentos e dados consistentes que não agridam e não ofendam a inteligência média das pessoas como o cartaz idiota mostrado acima.

Por Paulo Eneas
Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques