segunda-feira, 29 de junho de 2015

Dilma não respeita os brasileiros


Imagem: Lukas Jackson / Reuters
Dilma declarou nesta segunda-feira em viagem aos EUA que ela “não respeita delator” e fez uma comparação estúpida e ignorante entre o suposto episódio de tortura que ela teria sofrido no regime militar com o instrumento de colaboração com justiça (chamado erroneamente de delação) previsto na lei e na Constituição do estado democrático de direito que ela, ao menos em tese, preside. Mais uma vez Dilma não só perdeu a oportunidade de ficar de boca fechada como ofereceu motivos adicionais para que nenhum brasileiro tenha qualquer respeito por ela e pelo seu partido.

Dizer que “não respeita delator” é a típica bravata de palanque que ela deve ter aprendido com seu mentor e não uma fala que se espera de uma chefe de estado. Mesmo porque, para a justiça, pouco importa o que Dilma pensa ou acha do delator, e sim se a delação está consistente nos termos previstos na lei e na Constituição, de modo que Dilma dizer que não respeita o delator é materialmente irrelevante. O que não é irrelevante, mas pelo contrário muito grave, é ela não respeitar em primeiro lugar a maioria dos brasileiros, eleitores ou não dela e de seu moribundo partido. O que é grave é ela não respeitar as instituições ao fazer, na condição formal de chefe de estado, uma afirmação que é uma visível afronta à independência dos poderes prevista pela Constituição.

O que é grave é ela desrespeitar a Lei Orçamentária por meio de suas pedaladas fiscais. O que é grave é ela e seu partido não respeitarem o eleitor, ao vencer uma eleição com base na mentira e na ocultação dos dados da real situação econômica do país. O que é grave é ela desrespeitar os assalariados e os mais pobres da população por conta de sua incompetência e irresponsabilidade na gestão do estado, levando o país a uma recessão e ao descalabro das contas públicas, cujos efeitos mais perversos são sentidos justamente pelos segmentos sociais mais vulneráveis da população. E o maior de todos os desrespeitos de Dilma é ela não ter capacidade de reconhecer seus erros, sua incompetência e seu despreparo e incapacidade política e pessoal de chefiar um país. 

Dilma não respeita os brasileiros e por isso não merece o respeito de nenhum de nós. Tudo o que queremos é ela fora do governo e já.

Por Paulo Eneas
Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques