sábado, 6 de junho de 2015

Alckmin aceita união com PT e revela que a segurança dos brasileiros não pode ser confiada ao PT e PSDB


Imagem: Reprodução Redes Sociais
O partido do PSDB dá uma inclinada a mais para a esquerda apoiando o PT na luta contra a redução da maioridade penal. Quanto mais aquele inclina-se para o extremismo da esquerda fechando acordos com o partido petista, mais benefícios e leniência serão concedidos a marginais e criminosos tidos por menores e inimputáveis a responder e serem responsabilizados por seus crimes.


Infelizmente, o resultado de tal acordo no âmbito nacional, influenciará, caso tenham êxito, na vida de milhares de brasileiros, atingindo-os indiretamente no aumento da insegurança, deixando-os além de inseguros, indignados pela manutenção da impunidade e das regalias para bandidos . Apesar de muitos brasileiros fazerem julgamentos de partidos tendo como base a administração e benefícios econômicos, é mister saber que partidos trazem sempre com eles ideias que os influenciam nas tomadas de decisões importantes que os atingem diretamente como por exemplo aumento de impostos (algo típico de governos de esquerda, tanto que nosso país, sempre governado pela a esquerda, é chamado de " o país dos impostos") e agora , neste caso específico, é sua segurança que está em risco se houver êxito do apoio do PSDB ao PT que fecharam contra a redução da maioridade penal.

No quesito segurança para os brasileiros, resta o povo apoiar Bolsonaro, Ronaldo Caiado e Eduardo Cunha. Apesar de Aécio Neves ter tido muitos votos, muito deles foram como forma de protesto e rejeição ao partido mais corrupto do país, o PT. O senador também prometeu ao eleitorado uma "oposição incansável", mas lamentavelmente é o menos atuante no congresso. Até viajou quando muitos desejavam que o mesmo fosse contra a aceitação do marxista radical Fachin no STF. Um psdbista, Alváro Dias, apoiou o indicado de Dilma como nenhum outro petista fez. Relembro, de forma oportuna, que houve a chance do o país se livrar das garras petistas na época do episódio do " Mensalão". 

O nome máximo do partido do PSDB, Fernando Henrique Cardoso, barrou e evitou que a oposição descambasse para pedir o impeachment de Lula. Vale lembrar também que foi ele quem começou a dar dinheiro ao MST. Repito que o voto de confiança do povo deveria ser voltado para Caiado, Bolsonaro e Eduardo Cunha. Quanto à fraca oposição do PSDB, este partido só serve para ser pressionado a defender pautas que beneficiem a liberdade e a segurança do povo, pois confiar nele pra isso é algo impossível de se fazer. Acabaram de nos provar agora.

Por Aitofel de Souza

Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques