quarta-feira, 8 de abril de 2015

PT na TV: o partido estende o primeiro de abril por todo o mês


Imagem: André Coelho / Agência O Globo
Por Pedro Henrique

Parece que o PT resolveu estender as comemorações do primeiro de abril, o Dilma Day, pelo mês inteiro. Este mês, o partido lançou duas propagandas na TV aberta que são de um cinismo desavergonhado, típico do marxismo acadêmico que, ao invés de usar a teoria para compreender a realidade, usa a teoria como chavão para esconder a realidade. 

Vejam uma dessas propagandas:




Ele já começa cinicamente com um membro dazelite (da elite em lulês) de terno e com um copo de conhaque esmurrando a mesa e dizendo 'Tem gente que tem motivos para odiar o PT, afinal o PT governa para todos e não apenas para uns poucos'. Quer dizer que quem odeia o PT é dazelite? Os 7% de aprovação do governo petista são os pobres que restaram no país? Parece que o PT inventou a forma mais revolucionária de ascensão social, basta ser contra o partido que você vira membro dazelite. 

Há neste trecho um racio-símio muito interessante: 'tem gente que tem motivos para odiar o PT por que o PT governa para todos'. Então, para os petistas, é natural que se odeie um partido por governar para todos, mas se um partido governa para todos, não deveria haver insatisfeitos. É justamente por ser uma mentira descarada que o PT governa para todos, que existe a onda de insatisfação com o partido. É justamente por que os petistas governam para si próprios, que a aprovação de Dilma caiu para 7%.

O vídeo segue dizendo "colocamos negros e pobres nas faculdades". Esta frase é uma tristeza para qualquer brasileiro e deveria matar de vergonha qualquer pessoa decente que por engano apoiou o PT. Para o partido, os pobres e negros devem ser tratados como gados para serem 'colocados' nas faculdades. O PT quer roubar o mérito dos pobres, que lutaram para entrar em uma faculdade e mesmo pagam com o suor de seu trabalho. Não, não adianta dizer 'ah, mas as cotas e os benefícios sociais ajudaram os pobres', por que estes benefícios são pagos pelos impostos violentos do governo petista. Há também o imposto indireto da inflação criada pelo governo para aumentar a arrecadação sem que o povo perceba. Os mais pobres são aqueles que são mais afetados por estes impostos, pois não tem acesso fácil ao conhecimento de como investir seu dinheiro e nem acesso a formas de proteger seu dinheiro dos impostos extorsivos. Para os mais miseráveis, cada real conta, e perder uma quantia pequena pode significar problemas educacionais, de saúde, etc.

O que dizer da distinção entre negros e pobres na frase? A narrativa mais comum na esquerda é a de que o povo teria uma dívida histórica com os negros e boa parte destes são pobres por conta do passado de escravidão. Ora, se a principal dificuldade para o negro ascender socialmente é a pobreza, por que dizer 'colocamos negros e pobres'? Bastaria dizer apenas que colocaram pobres e os negros que são pobres também estariam incluídos. O PT faz claramente um discurso racista! A questão do negro nesta frase não é ele ser pobre, mas ser negro, como se ele fosse inferior e precisasse de ajuda, como se o negro precisasse ser 'colocado', como um objeto e não uma pessoa dotada de tanta capacidade como qualquer um.

Depois o vídeo segue dizendo que colocaram negros e pobres em diversos lugares e em posse de seus direitos. Aqui vai uma lição: ninguém pode te colocar de posse de seus direitos. É você que deve se apropriar deles pelo seu esforço e mérito! Mesmo que um Estado proteja seus direitos, voce só vai ter estes direitos de fato se os conhecer e se os exercer.

O vídeo ainda segue dizendo "colocamos mais gente na cadeia por corrupção do que nos outros governos". Claro que há mais corruptos na cadeia. No governo com maior proliferação da corrupção da história do Brasil, a tendência é que hajam mais corruptos presos por uma questão de probabilidade. No entanto, o que importa é qual a proporção entre corruptos presos e corruptos soltos e o quão grave são os crimes de corrupção. A mentira de que o PT colocou mais gente na cadeia é uma tentativa ridícula de roubar o mérito da Polícia Federal (PF), aquela entidade que os petistas tentam a todo custo aparelhar e controlar. O mais nojento nesta frase é a tentativa de vender a dependência de entidades como a PF ao governo petista como uma coisa boa. Segundo a propaganda, se o governo petista coloca corruptos na cadeia, então é porque este governo controla a PF e outras entidades que deveriam ser autônomas para investigar.

Curioso é que a cadeia da propaganda está sendo fechada vazia. Devem ter filmado a cadeia do Genoíno, que se livrou com menos de um ano de cumprimento de sua pena.
Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques