domingo, 5 de abril de 2015

Movimento LGBT provoca fechamento de pizzaria por não atendê-los


Imagem: Reprodução YouTube
Por Luciano Ayan

Vamos falar um pouco de ética, algo que a extrema esquerda brasileira não conhece e a esquerda genérica norte-americana também não. Quem destrói o meio de vida de outro apenas por que este discorda de sua posição política é uma aberração ética. É um lixo moral. Atitudes assim são o cúmulo da desonra e da perda de dignidade. E não dá para negar que este tipo de atitude mais nojenta que catarrada no olho tem se tornado o padrão da esquerda mais radical de cada país. 


Segundo notícia do Globo, o estado de Indiana aprovou uma lei que proíbe que comerciantes se neguem a servir o público LGBT. Ou seja, mais uma vez o estado intervindo nas opções individuais dos outros. Pessoas normais entenderiam que bastaria que os LGBT escolhessem outros restaurantes. 

Pois Crystal O'Connor, proprietária da Memories Pizza, em Walkerton, afirmou que se recusaria a prestar seus serviços em cerimônias de união civil homoafetivas por causa de suas crenças religiosas. 

Foi o suficiente para ela receber tantas ameaças de morte e diversas outras formas de violência que decidiu fechar as portas do negócio. Em ritmo psicopático, as turbas ensandecidas começaram a viralizar as campanhas de ódio contra a Memories Pizza. 

A mensagem que fez com que Crystal decidisse fechar temporariamente a pizzaria foi essa: “Quem vai para Walkerton comigo para queimar a Memories Pizza?". De acordo com a polícia de Walkerton, a usuária se chamaria Jessica Dooley, cuja conta foi encerrada após a publicação da mensagem. 

Crystal disse: "Nós estamos magoados e confusos [...] O noticiário tornou isso totalmente fora de proporção. Eles mentiram. Dissemos que nós serviríamos qualquer pessoa que entrasse por aquela porta, até mesmo gays, mas não prestaríamos serviços em casamentos. Nós não atenderíamos porque isso é contra as nossas crenças religiosas."

Para o ranger de dentes do movimento LGBT, internautas criaram uma campanha de financiamento coletivo que em dois dias arrecadou US$ 842.592, de 29.166 doadores. A campanha foi encerrada nesta sexta-feira.

Crystal promete em breve a retomada das atividades. 

E que fique a lição. Mesmo que o fechamento da Memories Pizza tenha sido temporário, qualquer ação que tenha levado a isso é coisa da escória moral da humanidade. O problema não é alguém ser LGBT ou não. Melhor dizendo, o  problema não é alguém ser (x) ou (y). O problema moral imperdoável está em destruir o meio de vida de alguém apenas por discordância política. 
Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques