sexta-feira, 6 de março de 2015

Sai a lista de Janot. PT dá golpe jurídico, humilha o PP e bate forte no PMDB. Que aprendam


Imagem: Reprodução Redes Sociais
Por Luciano Ayan

Nunca a expressão "bem feito" coube tão bem quanto no caso da revelação da lista de Janot. PP e PMDB agiram como serviçais do PT por 12 anos. Como presente, viram todas as investigações da Lava Jato "misteriosamente" se moverem para os seus lados. 

Ao passo que Dilma ficou ilesa (acredite quem quiser), o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e o do Senado, Renan Calheiros, ambos do PMDB, foram para a lista. É claro que só uma gargalhada serve para resumir isso tudo. 

Mas como veremos na lista, a verdadeira mulher de malandro é o PP, que apanhou mais que as vítimas dos sádicos das histórias de Marquês de Sade. Nunca na história da humanidade um partido foi tão humilhado por um a quem foi tão servil por tanto tempo. 


Vejamos a matéria do Globo, e depois comento mais um pouco:
O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu nesta sexta-feira (6) autorizar a abertura de inquérito para investigar 47 políticos suspeitos de participação no esquema de corrupção da Petrobras revelado pela Operação Lava Jato.
Entre eles, há 22 deputados federais, 12 senadores, 12 ex-deputados e uma ex-governador.
O PP é o partido com mais políticos entre os que responderão a inquéritos (32). Em seguida, vêm PMDB (sete), PT (seis), PSDB (um) e PTB (um).
Não há governadores de estado na lista. Eventuais casos de governadores, deverão ter os peddios de abertura de inquéritos entregues na próxima semana pela Procuradoria Geral da República ao STJ, que tem atribuição de investigar governadores.
O anúncio dos nomes foi feito a partir das 20h25, depois de um dia de intensa ansiedade nos meios políticos de Brasília. Uma assessora do Supremo leu os nomes dos parlamentares alvos dos inquéritos. São os seguintes, por partido:
PP
- Senador Ciro Nogueira (PI)
- Senador Benedito de Lira (AL)
- Senador Gladson Cameli (AC)
- Deputado Aguinaldo Ribeiro (PB)
- Deputado Simão Sessim (RJ)
- Deputado Nelson Meurer (PR)
- Deputado Eduardo da Fonte (PE)
- Deputado Luiz Fernando Faria (MG)
- Deputado Arthur Lira (AL)
- Deputado Dilceu Sperafico (PR)
- Deputado Jeronimo Goergen (RS)
- Deputado Sandes Júnior (GO)
- Deputado Afonso Hamm (RS)
- Deputado Missionário José Olímpio (SP)
- Deputado Lázaro Botelho (TO)
- Deputado Luis Carlos Heinze (RS)
- Deputado Renato Molling (RS)
- Deputado Renato Balestra (GO)
- Deputado Lázaro Britto (BA)
- Deputado Waldir Maranhão (MA)
- Deputado José Otávio Germano (RS)
- Ex-deputado e ex-ministro Mario Negromonte (BA)
- Ex-deputado João Pizzolatti (SC)
- Ex-deputado Pedro Corrêa (PE)
- Ex-deputado Roberto Teixeira (PE)
- Ex-deputada Aline Corrêa (SP)
- Ex-deputado Carlos Magno (RO)
- Ex-deputado e vice governador João Leão (BA)
- Ex-deputado Luiz Argôlo (BA) (filiado ao Solidariedade desde 2013)
- Ex-deputado José Linhares (CE)
- Ex-deputado Pedro Henry (MT)
- Ex-deputado Vilson Covatti (RS)
PMDB
- Senador Renan Calheiros (AL), presidente do Senado
- Senador Romero Jucá (RR)
- Senador Edison Lobão (MA)
- Senador Valdir Raupp (RO)
- Deputado Eduardo Cunha (RJ), presidente da Câmara
- Deputado Aníbal Gomes (CE)
- Ex-governadora Roseana Sarney (MA)
PT
- Senadora Gleisi Hoffmann (PR)
- Senador Humberto Costa (PE)
- Senador Lindbergh Farias (RJ)
- Deputado José Mentor (SP)
- Deputado Vander Loubet (MS)
- Ex-deputado Cândido Vaccarezza (SP)
PSDB
- Senador Antonio Anastasia (MG)
PTB
- Senador Fernando Collor (AL)
Só 5 investigados do PT estão em cargos atualmente vigentes? Menos do que os do PMDB? E do PP, então, coitados, nem se fala. Quase todo o PP está rodando. 

Ter alguém investigado por corrupção é o de menos, pois a investigação pode não encontrar evidências para culpar alguém. O pior de tudo é como o PT coreou o PP e o PMDB. Se fosse num relacionamento amoroso, o PMDB teria sido uma vítima de um amante sádico surrada e deixada nua na rua para todos assistirem, como em um "50 tons de cinza" mais radical. Já o PP? Aí seria uma vítima do mesmo amante sádico, que aí teria optado por torturas em nível medieval, apelando à mutilação e coisas do gênero. 

Seja lá como for, depois de tanta humilhação, a única forma para o PMDB e o PP recuperarem a sua honra é entregarem definitivamente o PT. Mas enquanto não fazem isso, por enquanto o que nos resta é relembrar sábias palavras de Alborguetti:

Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques