quinta-feira, 12 de março de 2015

Políticos do PSOL pretendem expulsar deputado religioso, mas não expulsam deputada corrupta


Imagem: Reprodução Redes Sociais
Por Luiz Aguiar

O deputado federal Cabo Daciolo (PSOL-RJ) apresentou na terça feira, na Câmara dos Deputados, uma proposta com o intuito de alterar princípios fundamentais da Constituição Federal. Em resumo, o deputado pretende modificar o texto da Carta Magna no artigo primeiro, onde está escrito "todo o poder emana do povo". Ele quer que esteja escrito "todo poder emana de Deus".

Imediatamente seus correligionários do PSOL começaram a criticá-lo pelas redes sociais, e alguns pretendem efetuar a expulsão de Daciolo pelo partido. Os motivos? Bem, segundo o vereador Renato Cinco, a recente proposta de alteração da constituição descrita acima iria "absolutamente contra o programa e a linha política do PSOL". 

Não acho que o vereador esteja errado. Mas isso demonstra que o PSOL não defende um estado laico, como diz defender. Praticamente ele está dando o recado: Se você for religioso, fique longe do PSOL, vá para outro partido. E isso faz sentido quando o partido tem outros membros com um histórico de manifestações antissemitas, como o ex-deputado federal Babá, que queimou a bandeira de Israel em um protesto.

Mas o que é mais incrível, é que uma política do PSOL envolvida em escândalos de caixa 2, a deputada federal Janira Rocha, não foi expulsa após um processo ter sido iniciado contra ela dentro do partido. Gravações de áudio onde ela cobrava parte dos salários de funcionários de seu gabinete, vazaram. Porém para o relator do caso, o ex-senador José Nery, não foi identificada a cobrança compulsória de parte de seus salários. Ou seja, o PSOL prefere perseguir deputados por conta de religião do que por conta de corrupção.

Desde o início do PSOL, formado a partir de rachas do PT, o partido se apresenta tal como seu antecessor, um suposto defensor da ética na política e se posicionando veementemente contra a corrupção quando era detectada em outros partidos. Entretanto, quando surgem escândalos dentro de seus quadros, o PSOL tende a se comportar de maneira igual ao PT. 
Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques