quarta-feira, 11 de março de 2015

Interdição terrorista de rodovia feita pelo MST causa morte de dois adultos e uma criança em um acidente


Imagem: Denise Gomes / TV Sergipe
Por Luciano Ayan

Eis a diferença fundamental de uma manifestação socialista para uma manifestação de pessoas normais. Os socialistas entendem que quebrar as leis é correto, pois acham que todos devem ficar prostrados diante de suas ações fascistas. É por isso que, ao contrário do que ocorre em
outras manifestações, eles tem a caradura de bloquear uma estrada, sabendo do risco de acidentes que isso causa. 


Dois adultos e uma criança morreram após o engavetamento entre uma carreta e sete carros ter provocado uma explosão na manhã desta quarta-feira (11) no Km 110 da BR-101, perto da cidade de Itaporanga D'Ajuda, a 29 km de Aracaju. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a carreta estava carregada com adubo, que é inflamável. A identidade das vítimas ainda não foi divulgada.
Nesta manhã, o trecho da rodovia onde houve o acidente foi bloqueado por manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). O protesto fez com que os veículos ficassem parados na rodovia. Segundo a PRF, a carreta não conseguiu frear quando se aproximou e atingiu sete veículos. Outros quatro foram empurrados pela colisão.

O acidente aconteceu no momento da liberação da pista, que havia sido fechada por manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) nesta manhã. A PRF não recebeu nenhum comunicado de que a pista seria interditada. A falta da sinalização para os condutores reduzirem a velocidade pode ter provocado esse acidente, uma vez que a carreta não conseguiu desviar dos carros parados", afirma o inspetor Anderson Sales, assessor de comunicação da PRF.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) confirma que nove pessoas que tiveram ferimentos leves foram atendidas no local. Não há registro de feridos graves. Equipes do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) auxiliaram no controle das chamas e no resgate das vítimas.
De acordo com o Instituto Médico Legal (IML), os três corpos estão carbonizados e sem identificação. E até o início desta tarde nenhum parente das vítimas procurou o IML.
Está na hora do Congresso agir requisitando que o exército aja contra essa organização terrorista. Lembrem-se que o estudo do terrorismo nos mostrará sempre a um fato terrível: se nada for feito contra o MST, a violência vai aumentar. 

Depois não digam que eu não avisei. 
Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques