terça-feira, 10 de março de 2015

Barusco confirma: corrupção só se institucionalizou em 2004


Imagem: Reprodução Redes Sociais
Por Luciano Ayan

A tese petista de que "a corrupção começou com FHC" já havia sofrido um baque quando foi ridicularizada na época do carnaval. Mas agora sofreu outro duro golpe, com a confirmação, por parte do delator Pedro Barusco, de que a corrupção só foi institucionalizada em 2004, no tempo do PT. 

O ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco afirmou nesta terça-feira (10) que começou a receber propina entre 1997 e 1998 por "iniciativa pessoal". As declarações foram dadas à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investiga irregularidades na estatal apontadas pela Operação Lava Jato.
"Iniciei a receber propina em 1997 e 1998. Foi uma iniciativa pessoal, junto com o representante da empresa. De forma mais ampla, [receber propina] foi a partir de 2004, não sei precisar a data, mas foi a partir dali", declarou Barusco.
Segundo Barusco, a partir de 2003 ou 2004 o pagamento de propina se tornou "institucionalizado". Ele, no entanto, se recusou a dar mais explicações se outras pessoas também recebiam propina desde a década de 1990, durante o governo de Fernando Henrique Cardoso. "Sobre essa questão, existe uma investigação em curso, eu sou investigado. Essa é uma parte que eu vou me ater ao depoimento. Não vou aprofundar, porque está ocorrendo uma investigação", disse o ex-gerente da Petrobras.
Nada de surpreendente, pois basta estudarmos o que o socialismo é para entender que ele nada mais significa que um processo de tomada de poder totalitário. O saqueamento estatal é apenas uma consequência. 

A partir do dia em que um partido do Foro de São Paulo assumiu a presidência, era mais que natural que a corrupção fosse, então, institucionalizada.
Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques