domingo, 29 de março de 2015

Aécio acerta ao mostrar a cumplicidade do governo com a ditadura na Venezuela


Imagem: Cecilia Larrabure
Por Aitofel de Souza

O senador Aécio Neves foi assertivo ao criticar o governo Dilma por sua cumplicidade com o totalitarismo praticado por Maduro na Venezuela. 

Também acertou em cheio ao apontar que o governo petista é mais comprometido com países bolivarianos do que com os interesses dos brasileiros. Enfim, a ideologia é colocada acima dos interesses nacionais. 

As declarações foram dadas no Foro de Lima, evento organizado pelo escritor Mario Vargas Llosa, no Peru, para debater o cenário político da região.

Veja o que Aécio afirmou: 
Há uma omissão hoje grave de governos eleitos democraticamente em relação à escalada autoritária que toma conta de alguns países. No caso do Brasil, é muito mais do que uma omissão. É uma cumplicidade extremamente grave com esses regimes.
Na ocasião, Aécio confirmou que FHC atuará pessoalmente na defesa de Leopoldo López, na Venezuela: 
Estamos organizando uma ida de lideranças importantes do Brasil, e eu pretendo participar deste grupo, à Venezuela. O ex-presidente Fernando Henrique pediu, inclusive, em seu nome, que eu aqui hoje anunciasse, que ele está aceitando o convite do ex-primeiro-ministro Felipe González e participará, pessoalmente, da banca de defesa de Leopoldo López na Venezuela.
Tomara que o povo venha a reprovar o autoritarismo bolivariano instalado na Venezuela. Reprovado e denunciado também seja o apoio que o governo dá a estas ditaduras. A sujeira da corrupção e a permanência de seres humanos como escravos no programa Mais Médicos, somados com a repugnância em respaldar ideologicamente a ditadura na Venezuela, são suficientes para mostrar a deformação moral do governo petista.
Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques