quarta-feira, 4 de março de 2015

A miséria como estratégia eleitoral do PT


Imagem: Reprodução Redes Sociais (Filas na Venezuela)
Por Pedro Henrique


PT é o partido dos trabalhadores uma ova! O que se viu desde o início do governo do PT, há mais de 12 anos, é a multiplicação do subemprego e do desemprego, mais e mais pessoas dependendo do bolsa-família, menor crescimento do que deveria ocorrer no governo Lula e recessão no governo Dilma. Uma ilusão compartilhada entre alguns oposicionistas, grande parte do governismo e a extrema esquerda é a de que se critica programas assistencialistas, como o Bolsa família, por deixarem o povo preguiçoso. Preguiça é o menor dos problemas. O principal problema destes programas é que eles têm criado uma situação injusta em que os mais miseráveis que buscam sair da situação trabalhando têm muito menos incentivos do que aqueles que recebem a bolsa.

Se coloque na seguinte situação: você tem uma família que consegue uma renda de apenas 70 reais por pessoa, a quantidade máxima para considerar uma família miserável. Se você tem uma família com duas crianças e um companheiro(a), isto significa que sua família tem um total de 280 reais. Se a família receber 200 reais do programa, ela praticamente dobra sua renda. Se você correr atrás de um emprego que pague mais, terá que se adaptar a um novo trabalho, possivelmente até trabalhar mais, e ainda tem o risco de não conseguir e acabar se esforçando à toa. Além disto, você ainda pode perder o Bolsa Família, se o salário que receber elevar a renda por pessoa na família para mais do que 140 reais. Entre o seguro e o duvidoso, o melhor é ficar com o seguro, ainda mais quando o dinheiro a mais sendo recebido é uma questão de sobrevivência.

É desta forma que o PT escraviza os miseráveis, aprisionando-os em um programa que beneficia, em um primeiro momento, mas diminui a capacidade de ascensão social. É importante para um partido que se orienta pela mentalidade de luta de classes fazer uma 'purificação' das classes. É importante que haja a maior desigualdade possível entre as classes, para que se alimente a luta de classes. O nazismo seguiu um pensamento parecido, mas ao invés de adotar uma visão de 'luta de classes', adotaram uma visão de 'luta de raças'. Para eles, uma das coisas mais importantes era manter a raça ariana pura, tanto que criaram leis raciais para impedir e restringir os relacionamentos interraciais. Esta purificação foi considerada necessária, tanto no caso do nazismo em relação às raças, quanto para os comunistas em relação às classes, por que se não houver desigualdades claras entre raças ou classes, não fará sentido para as alguém ver outras raças ou classes como inimigos, mas fará sentido vê-los como iguais ou semelhantes, pelo menos. Por isto o PT e a Marilena Chauí odeiam tanto a classe média, pois enquanto houver gente que está em uma classe impura, mais difícil vai ser fazer sua 'guerrinha' entre os ricos e pobres.


O PT, mais do que um partido corrupto e que defende corruptos de seu partido, é um partido que se beneficia eleitoralmente da corrupção. O dinheiro que o partidão ganha com a corrupção é possivelmente o lado menos cruel da história. O outro lado é que com sua corrupção insandecida, eles trazem prejuízo para os mais pobres, obrigando os miseráveis a votar neles por medo de perder o Bolsa Família. Veja por exemplo, o caso das 200 famílias demitidas pela crise na Petrobrás no complexo petroquímico do Rio. Estas famílias, além de desempregadas, estão vivendo nas ruas e com poucas perspectivas de adquirir um novo emprego no momento. Se esta é apenas uma pequena consequência da crise na Petrobrás, imagine quantas pessoas perderam seu emprego na Petrobrás por conta da crise? Se contarmos ainda a recessão alimentada pela subida de preços dos combustíveis, quantas empresas não tiveram que encolher e despedir boa parte dos seus funcionários? Quantos destes desempregados não vão buscar o Bolsa Família e se tornar eleitores do PT?

Mais do que roubar o dinheiro do povo, o PT quer mesmo é sequestrar o povo inteiro e ser dono do Brasil.
Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques