sábado, 14 de março de 2015

A esquerda e a privada


Imagem: Reprodução Redes Sociais
Por Paulo Eneas

Muitas pessoas honestas e decentes trabalham lavando privada para garantir seu sustento e seu ganha pão. Militante esquerdista vagabundo faz manifestação em horário comercial para defender corruptos e ladrões do patrimônio público, e para isso ofende as pessoas que trabalham honestamente lavando privadas. Quem merece ir para a privada da história é esse tipo de militante e seu partido. E seguramente irão muito em breve.

É por meio de gestos assim, um aparente ato falho, que se conhece a real natureza da esquerda: preconceituosa, discricionária e elitista o bastante para nutrir um profundo desprezo pelo povo, mas que se julga detentora do monopólio da bondade e da virtude que irão supostamente beneficiar o povo. Não existe nada mais cínico, mentiroso e farsante que o pensamento e a ideologia da esquerda.

***

Marcus Vinicius Motta complementa: "Afinal lavar privada é coisa da criadagem, de serviçal, não combina em nada com nossos revolucionários de playground. Em tempo: ser petista e defender bandido do PT é muito pior do que limpar chiqueiro com a língua, que dirá privada".

***

O editor segue: "Para piorar ainda temos que aturar a volta do discurso 'Brasil, ame-o ou deixe-o', criado pela ditadura militar. A coisa é bem simples: se alguém tem algo a criticar, que se cale, pois os totalitários te dão a opção de sair do país. Bem petista. Bem bolivariano". 
Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques