sábado, 28 de março de 2015

10 falácias do PT para dar licença para matar a menores criminosos


Por Luciano  Ayan

O Facebook de Dilma Rousseff mostrou o quanto o partido é moralmente desclassificado para tratar qualquer questão da segurança pública. Veja o que o perfil diz:
O Conselho Regional de Psicologia de Minas Gerais elaborou uma lista de motivos pelos quais a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos não é uma boa solução para reduzir a violência. Confira!
E eu fui conferir mesmo. E agora você poderá notar que não há nada, absolutamente nada que não embuste no discurso petista para dar licença para matar a menores criminosos. 

Vamos desmascarar os "10 motivos". Se esses são os motivos, imagine as objeções. 

1 – É um retrocesso ao ECA 

A parte do ECA que dá licença para matar aos menores é hedionda. Essa parte deve ser extinta mesmo. Ser “retrocesso ao ECA” (na parte de licença para matar aos marginais menores) é igual ser um “retrocesso à pedofilia”. 

2 – O adolescente já é responsabilizado com medidas socioeducativas 

É exatamente esse o problema. Medidas socioeducativas não são punição, mas agrado. Deviam existir só para quem comete crimes brandos, não para quem comete estupro, latrocínio, sequestro e assalto à mão armada. 

3 – A prisão não educa, nem orienta, apenas pune 

E é só o que é preciso fazer para quem comete crimes hediondos. “Educação, orientação, carinhos e agrados” no máximo para crimes brandos. 

4 – A prisão aumenta a segregação, o preconceito e a desigualdade social 

Ué. Antes a extrema esquerda dizia que a desigualdade social gera o crime. Agora diz que a punição ao crime é que gera a desigualdade? Ou é um ou é outro. Claro que é truque. 

5 – Não é a forma adequada de conduta para a constituição de sujeitos sadios 

É o PT que define estupradores, sequestradores e latrocidas como “sujeitos sadios”. Mais um problema moral do PT. 

6 – Não reduz a violência 

É tecnicamente impossível que a prisão não reduza a violência. Se um sujeito ficar preso 10 anos (ao invés de 2 semanas), ele possui um período de tempo em que sua chance de cometer um crime é zero. Esse argumento petista é a típica tática de se fingir de louco. Mas não cola. 

7 – O sistema prisional do Brasil está saturado 

Este é um argumento tão ruim quanto dizer que a saúde não deve ser ofertada por que o sistema de saúde “está saturado”. Ora, se você assumiu a obrigação para prestar um serviço, que seja forçado a prestá-lo. Não transfira suas responsabilidades para os outros. 

8 – Apenas simplifica a questão da violência 

Argumento vazio. A violência criminal é um evento, praticado por seres humanos conscientes de suas ações, e, como tal, passível de punição. 

9 – Trata o efeito, não a causa 

Falácia do falso dilema. O petista aqui quer dizer que se você trata o efeito, não pode tratar a causa. Não diga isso para médicos, que se seguirem essa bizarrice não podem mais usar anestésicos na totalidades de casos, pois isso é “tratar efeitos, não a causa”. Mas é claro que podemos prender os criminosos violentos e ir trabalhando para resolver as causas. 

10 - Isenta o estado do compromisso com políticas educativas  e de atenção para com a juventude

Esse argumento é sintoma de falta de vergonha na cara. Ninguém está isentando nada. Se começarmos a punir menores que pratiquem crimes violentos, o PT só vai se isentar de "compromisso com políticas educativas e de atenção para com a juventude" se quiser. De novo, o PT está transferindo sua responsabilidade aos outros. 

Enfim, se esses são os "10 motivos", é sinal de que a argumentação deles é do nível do chiqueiro mesmo. Que arrumem "motivos" melhores, pois esses 10 já não servem mais. Agora vocês já podem refutar e ridicularizar qualquer picareta que tentar truques assim. 
Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques