quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Senta que lá vem conversa: para Cardozo, críticos são "autoritários"


Imagem: Reprodução Redes Sociais
Por Luciano Ayan

É isso aí, meus amigos. Às vezes, a avaliação do conteúdo golfado pelos ministros petistas serve mesmo é testar o sangue frio do indivíduo. 

Acho que eles devem morrer de rir entre eles antes de surgir com discursos desaforados e delirantes como este de José Eduardo Cardozo, ministro da justiça: 
Me espanta que, tantos anos depois do fim da ditadura militar [1964-1985], tantas pessoas achem equivocado que uma autoridade receba advogados. Como advogado e ministro da Justiça, eu afirmo: é direito de um advogado ser recebido e eu os receberei. Só na ditadura isso não se admite. Há pessoas que ainda têm pensamento ditatorial, que não perceberam que vivemos numa democracia, sob o império da lei.
Que coisa, não? Quer dizer que se criticamos o vazamento de informações sigilosas e truques para melar a Lava Jato, estamos sendo "autoritários"? 

Seja lá como for, o PMDB disse que vai ajudar a levar Cardozo para prestar satisfações ao Congresso. Com isso, o partido vai ajudar os oposicionistas PSDB, DEM e PPS a convocar o ministro.

O fato é que a Câmara havia aprovado convites para que os 39 ministros compareçam ao plenário da Casa para apresentar suas atividades. 

O deputado baiano Lúcio Vieira (que quase chegou à liderança do PMDB na Casa) sugere colocar Cardozo como o primeiro da lista. A ideia é furar a fila, pois o primeiro a ser convocado era Eduardo Braga (Minas e Energia), que falaria sobre a seca no Sudeste e o risco de apagão. Para Lúcio, a polêmica sobre Cardozo justifica a alteração na ordem: 
O ministro Eduardo Braga pode vir num segundo momento. Acho que a inversão é do interesse do próprio governo e do ministro José Eduardo Cardozo. Ele diz que a crítica aos seus encontros com os advogados é coisa da ditadura. Nada mais democrático do que o ministro comparecer ao Congresso para falar sobre as conversas democráticas que teve com os advogados.
Quer dizer, nem o PMDB leva mais a sério os discursos cínicos dessa gente. O PT simplesmente já virou motivo de piada até mesmo no Congresso.
Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques