quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Segundo campanha de Dilma no primeiro turno, petista não termina mandato


Por Luciano Ayan

O quê? Como? Sim, é isso mesmo que você leu. E não sou eu que estou falando. Foi o próprio PT que fez isso na campanha de primeiro turno contra Marina Silva.


Veja um resumo de Fernando Rodrigues feito no início de setembro de 2014, para relembrar como foi esta campanha:
A presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, partiu de uma vez para o ataque hoje (2.set.2014) ao comparar sua principal adversária, Marina Silva (PSB), a dois presidentes que tiveram problemas para governar e acabaram deixando a cadeira antes do fim do mandato.

“A base de apoio de Marina Silva tem hoje 33 deputados. Sabe de quantos ela precisaria para aprovar um simples projeto de lei? No mínimo, 129. E uma emenda constitucional? 308. Como é que você acha que ela vai conseguir esse apoio sem fazer acordos? E será que ela quer? Será que ela tem jeito para negociar?”, pergunta o locutor da propaganda dilmista de 2.set.2014, no início da tarde, enquanto na tela aparecem slides sobre esses números.
Em seguida, vem a comparação, mostrando as imagens de Jânio Quadros (1917-1992) e de Fernando Collor de Mello (hoje senador pelo PTB de Alagoas). Ambos, Jânio e Collor, tiveram problemas com o Congresso e não concluíram seus mandatos.
“Duas vezes na nossa história, o Brasil elegeu salvadores da pátria. Chefes do partido do ‘eu sozinho’… E a gente sabe como isso acabou. Sonhar é bom, mas eleição é hora de botar o pé no chão e voltar à realidade”.
E veja abaixo um vídeo onde, aos 9:30 minutos, você poderá relembrar a campanha petista mencionando que Marina não terminaria o mandato por ter uma pequena base de apoio:


Bom, o PT perdeu todo o jeito para negociar. E agora está isolado no Congresso. Logo, de acordo com a campanha petista, ela não deve terminar o mandato, pois se encontra com uma base de apoio mínima, insuficiente para ela aprovar qualquer coisa que queira.

E, de novo, que eles não venham choramingar, pois isso está na campanha deles próprios. Não adianta tentar esconder.
Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques