sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

O teatro de Cardozo : "advogados não podem ser criminalizados". Mas quem está criminalizando advogados, figurinha? Estamos denunciando você, Cardozo!


Imagem: Ueslei Marcelino/Reuters/VEJA
Por Luciano Ayan

O ministro da justiça José Eduardo Cardozo é definitivamente um grande ator. Seu talento para encenação se encontra em dimensão oposta à sua condição para ser ministro de uma pasta tão importante. 

Segundo o UOL, ele rebateu as críticas sofridas (com razão) durante todo o Carnaval, e apresentou uma desculpa nojenta:
Não aceito a criminalização de advogados (...) autoridades têm, sim, que receber advogados. 
E quem está criminalizando "advogados"? Estamos denunciando um ministro da justiça que fez reunião com advogados de empreiteiras, às escuras, fora da agenda, sem envolvimento de outras partes, sem prestar satisfações à sociedade, sem a menor transparência, e ainda por cima vazando informações sigilosas. Todas essas aberrações foram praticadas por Cardozo, não pelos advogados, que estavam fazendo o seu papel (ainda que questionável). 

E ele segue:
Recentemente um parlamentar disse que o ministro da Justiça não pode receber membros de quadrilha. Considero isso uma ofensa aos advogados do Brasil. 
Eu considero ofensa aos advogados do Brasil estas declarações de Cardozo. Qualquer advogado sério e decente deve morrer de vergonha deste tipo de palhaçada. Quando um ministro se rebaixa a falar em nome de outros profissionais, fazendo cirquinho, é sinal de decadência moral mesmo. 

Alias, o tal "parlamentar" não tem nome? Claro que não, pois Cardozo não consegue nem honrar seu diploma de Direito ao fazer acusações anônimas. 
Nenhum advogado me pediu que eu intercedesse para liberar réu preso, que eu fosse falar com o juiz Moro, que eu fosse falar com o MPF (Ministério Público Federal). Porque, se o fizessem, eu teria tomado as medidas cabíveis, seja do ponto de vista penal, seja do ponto de vista ético.
Acredite se quiser.
Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques