quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Lindberg Farias e a tese para explicar as manifestações argentinas: "é golpe da direita"


Imagem: Reprodução Redes Sociais
Por Luciano Ayan

Quando eu aviso para, diante do embate com bolivarianos, prepararem vossas estruturas mentais para lidar com seres que assustariam até alguns psicopatas, alguns devem achar: "Ah, o Luciano deve estar exagerando. É só rotulagem política." 

Pior que não é exagero. Eu adoraria estar errado. Eu adoraria ver algum traço de humanidade nesta gente, mas só é possível ver encenação, cinismo, manipulação da realidade e chantagem emocional. 

Vocês entenderão isso melhor se procurarem ler o livro A Moral deles e a nossa, de Leon Trotsky. É fácil de ser encontrado pela Internet. Se não me engana a memória, há até uma versão resumida. Ali vocês verão que para eles as pessoas são escolhidas não por suas virtudes, mas por sua capacidade de dissimulação e mentir em nome de um projeto. Lenin já havia dito que "o melhor revolucionário é um jovem desprovido de toda a moral". 

E o que isso tem a ver com Lindberg Farias? Simples. Veja como ele avalia a crise na Argentina, principalmente com as manifestações pela morte do promotor Alberto Nisman: 



Observem como Lindberg não quer nem saber se um promotor morreu. Para gente assim, dane-se a comoção nacional por uma figura relevante como Nisman, principalmente em um país devastado, onde algumas pessoas ainda depositam suas últimas esperanças em juízes e policiais. Para Lindberg, a dor dessas pessoas não significa absolutamente nada. 

Melhor dizendo. Elas significam sim. Para ele são números que ele apontará como "golpistas". Ou seja, quem lamenta a morte de Nisman é, para ele, um "golpista". 

Mentes assim são similares àquelas que punem as mães que choram pelos filhos mortos em campos de concentração, pois o choro delas pode manchar a imagem de um governo totalitário. É este nível de mentalidade perversa que infesta o governo petista. 

O post macabro de Lindberg só serve como comprovação à tese do trotskismo cada vez mais pervasivo entre os políticos petistas.

Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques