sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Governo da Grécia volta atrás e afirma desistir do calote e manter metas fiscais. Alemães com um pé atrás.


Imagem: Reprodução Redes Sociais

Por Luiz Aguiar

No dia 19 de fevereiro a Grécia resolveu voltar atrás e pediu um prazo maior de seis meses para o programa de resgate aos países da zona do euro. No documento, foi feita a promessa de honrar todas as dívidas e também de não tomar medidas de uma maneira unilateral que possa atrapalhar as suas metas fiscais.

Após o reconhecimento da vitória eleitoral do partido de esquerda Syriza no final do mês de janeiro, o nervosismo aumentou bastante no mercado financeiro. Um partido que vai contra as medidas de austeridade em vigor no país iria acabar causando ainda mais problemas nas relações entre a Grécia e o resto da União Européia.
As medidas de austeridade ocorreram em conjunto com o programa de resgate para a economia da Grécia. Em oposição à tais medidas, o partido Syriza surgiu como o primeiro na zona do euro a combatê-las. É constituído de uma frente que inclui desde ambientalistas, social-democratas e populistas até trotskistas e maoístas. Até 2012 o partido não tinha muita força nas eleições, porém foi neste ano que eles conseguiram atingir a marca de 27% do voto popular, virando a segunda força política da Grécia. Nas últimas eleições, conseguiram atingir a marca de 149 deputados de 300 cadeiras do parlamento grego.

É importante salientar que além de ser contra as medidas de austeridade, o partido até então era também contra o resgate internacional da Grécia. Uma possível saída da Grécia da zona do euro também já vinha sendo cogitada. Será que o partido Syriza resolveu acordar para a realidade? 

Segundo a Alemanha, o que a Grécia propõe no documento não responde aos critérios, pois visa um financiamento sem atingir as especificações do acordo. Um diálogo entre Berlim e Atenas permanece difícil, porém no resto da zona do euro pode existir uma chance para a Grécia. Aguardemos os próximos capítulos desta tragédia grega.
Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques