terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

A tacada de mestre de Sérgio Moro


Imagem: Reprodução Redes Sociais
Por Luciano Ayan

Um dos principais truques petistas tem sido utilizar a blogosfera estatal para reclamar das "péssimas condições que se abatem sobre os empreiteiros presos". A ideia aqui é pressionar para que eles sejam libertados imediatamente e, então, desistam de dar delações premiadas. Petistas podem ser tudo. Menos bobos. 

Só que o juiz Sérgio Moro também mostrou que não é bobo, e questionou se os presos da Lava Jato preferem ir para um presídio estadual (e ali é bucha). Veja trechos da matéria da Folha:
O juiz federal Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, afirmou em despacho desta segunda-feira (23) que nunca recebeu qualquer reclamação formal dos executivos presos sobre as condições da carceragem da Polícia Federal e intimou os advogados dos presos para informarem se preferem ser transferidos para o sistema prisional estadual.
Veja como sofrem esses "pobres coitados":
A ala em que os executivos presos estão é formada por três celas de paredes brancas, unidas por uma sala comum. Com um beliche, uma mesa e banco de concreto, cada uma delas está preparada para receber duas pessoas. Cada cela tem um vaso sanitário de aço pregado no chão e uma pia.
Os presos até hoje só têm direito a duas horas de sol. É quando aproveitam para lavar meias e cuecas. Na hora do banho, os empreiteiros e executivos têm que fazer fila pois só há dois chuveiros, de água é quente.
E não é que eles ainda tem água quente?

Agora eis o momento divertido:
O juiz já havia perguntado anteriormente a alguns advogados de detidos na Lava Jato, durante uma audiência, se prefeririam a transferência ao sistema estadual, o que foi recusado na ocasião.
"As celas da carceragem da Polícia Federal têm as suas limitações, já que trata-se apenas de prisão de passagem, mas entendeu-se que a permanência nelas, ao invés da transferência, era do interesse dos próprios acusados. Não houve, perante este juízo, qualquer reclamação formal sobre as condições das celas ou qualquer pedido de transferência ao sistema prisional estadual", afirmou Moro no despacho.
E a tacada final:
Foi dado um prazo de 48 horas para que os advogados se manifestem sobre o assunto.
Agora vão continuar chorando ou vão querer ir para a prisão estadual? Acho que é melhor que os petistas inventem um novo truque, pois esse parece que não vai colar mais.
Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques