quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

A primeira grande batalha: Cunha pode ajudar a derrubar projeto totalitário do PT de financiamento exclusivamente público de campanhas


Por Luciano Ayan

Começa a primeira grande batalha estratégica contra o projeto totalitário do PT. Conforme o Globo, junto com o apoio da oposição, o blocão de Eduardo Cunha conseguiu na noite desta terça feira garantir a criação de uma comissão especial para a apreciação de uma reforma política.

O PT, é claro, tentou obstruir, mas como estava isolado, recuou. Do lado do PT estavam partidos como PCdoB, PRB, PV e PSOL. Isto é, as linhas auxiliares de sempre. Cunha disse:
De novo, o PT quase assumiu mais uma derrota daquilo que não precisava. A posição do partido estava contraditória com quem quer votar uma reforma política.

Agora veja o detalhe curioso: a PEC da reforma política estava parada há mais de um ano na Comissão de Constituição e Justiça da Casa por obstrução de quem? Do PT. Ocorre que a PEC da reforma política pretende tornar constitucional a contribuição financeira de empresas.

O PT não quer o financiamento privado de empresas, pois sua proposta é inversa: financiamento exclusivamente público de campanhas. Com isso, o PT conseguiria ter o estado todo em suas mãos, limitando o potencial de qualquer outro partido que pense derrotá-lo. Lembre-se que o financiamento privado de campanhas, seja de pessoas físicas ou de empresas, existe em todos os países civilizados.

Então, esta é a primeira batalha de verdade naquilo que é mais caro para o PT: o totalitarismo. Pelo visto, toda a oposição está com o blocão de Cunha nessa. Mas sempre é bom manter a vigilância, a pressão e a conscientização pública.
Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

UOL Cliques